Regência verbal em português – Parte 2

Regency in Portuguese - Part 2 - Portuguese Basic Tips podcast

Regency in Portuguese – Part 2 – Episode 67

Olá e seja bem-vindo ao nosso episódio de número 67, chamado regência verbal em português

No episódio de hoje, nós vamos continuar falando de regência verbal em português. Se você não ouviu o nosso episódio anterior, sugiro que comece por ele. Lá você vai achar explicações sobre o que é regência em português e achar algumas explicações sobre crase.

Acesse o nosso episódio anterior: regência verbal.

Vamos falar sobre a regência do nosso primeiro verbo de hoje!

Preferir / To prefer

Eu decidi falar sobre esse verbo, porque ele causa grandes confusões, mesmo para quem fala português frequentemente.

Veja:

É bem comum para nós dizer: eu prefiro mil vezes  banana do que laranja. O que nós normalmente não percebemos é que esse tipo de sentença é errada. Para ser honesto, nós temos dois erros nessa frase.

Primeiro: se usamos o verbo “preferir”, não precisamos exagerar isso dizendo “mil vezes”. Nós simplesmente preferimos uma coisa a outra.

Segundo: a regência em si. Nós não dizemos “prefiro isso DO QUE aquilo”. Na realidade, nesses casos, devemos dizer “prefiro isso A aquilo”.

Por exemplo, em lugar de dizer “eu prefiro mil vezes banana do que laranja”, simplesmente dizemos “eu prefiro bananas a laranjas”.

Implicar / To imply

Este aqui é outro verbo sobre o qual temos algumas dificuldades para falar corretamente, mas você não vai mais sofrer com isso de agora em diante. Acontece que, quando as pessoas usam o verbo “implicar”, elas normalmente estão tentando ser “polidas” ou até “sofisticadas”, o que eu acredito que é ainda pior, se falarmos incorretamente.

  • Isso implica algo muito ruim / It results in something very bad.

Em português, nós também usamos a sentença “isso resulta EM algo muito ruim”. Talvez por causa disso, as pessoas digam “isso implica EM algo muito ruim”. Isso não é a regência correta do verbo. Quando usamos “implicar”, não precisamos complementar  esse verbo:

  • Isso implicará graves consequências (This will bring us serious consequences)
  • Isso implica a perda do cargo (This results in the loss of the position)

Nós também usamos “implicar” no sentido de “to dislike”, Por exemplo:

  • Ela implica com tudo o que eu faço / She dislikes everything I do.

Perceba que neste caso, usamos a preposição “com”, depois de usar o verbo.

Simpatizar – Antipatizar / To like – to dislike

E como falamos sobre isso, vamos aprender a regência de simpatizar e antipatizar, que possuem o mesmo complemento.

Sempre devemos usar esses verbos acompanhados pela preposição “COM”.

Por exemplo:

  • Eu simpatizo com ela (I like her).
  • Eu antipatizo com as ideias dela (I don’t like her ideas).
  • Eu simpatizei com a capa do livro, por isso o comprei. (I liked the book cover, so I bought it.)
  • Eu antipatizo com o estilo de escrita dele. (I don’t like the way he writes).

Torne-se membro premium e faça o download das nossas transcrições completas

Acesse o link e aprenda mais sobre regência verbal.

Por hoje é só! Espero que você goste.

Valeu e até a próxima!

Marcos Sales

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *