Sobremesas brasileiras: brigadeiro e pé-de-moleque

Brazilian desserts and food in general

Todo Mundo Pod – Brazilian desserts

Olá e seja vem vindo ao nosso nono episódio do Todo Mundo Pod! Este é sobre sobremesas brasileiras.

Hoje nós vamos falar sobre comida brasileira em geral. Vou tentar explorar alguns termos que são usados especificamente na culinária. Também vou falar sobre duas sobremesas do Brasil: pé-de-moleque e brigadeiro. Enquanto falo sobre elas, vou explicar a origem dos seus nomes.  E por que não tentar te ensinar um pouquinho sobre história do Brasil?

Vou falar um tanto sobre a famosa frase do Presidente Getúlio Vargas. Getúlio foi um presidente que supostamente se matou por causa daquilo que ele mesmo chamava de “forças ocultas” e da pressão que ele sofreu naquela época. Antes de morrer, Getúlio escreveu uma carta explicando as razões para fazer aquilo.

De qualquer forma, você não precisa se preocupar! Este episódio está longe de ser “macabro”!

Para que você se acostume com o Português ainda mais rápido, tentei pronunciar as palavras pausadamente, mas esse podcast está cheio de expressões que você não encontraria em uma aula formal.

Finalmente, não vou ser capaz de te ensinar a cozinhar, mas vou explicar como entender expressões usadas na culinária brasileira. Algumas dessas expressões se tornaram tão famosas que viraram sinônimos de outras palavras faladas no dia a dia.

Ao final desse podcast você vai ser capaz de entender expressões como:

At the end of this episode you are going to be capable to understand expressions such as:

  • Ficar de molho
  • Banho-maria
  • Refogar
  • Deixar apurar

E outras que você pode encontrar na transcrição desse podcast

Torne-se Membro Premium e faça o download da transcrição

Se você ainda não ouviu, acesse o nosso episódio sobre a Série Narcos, Wagner Moura e Globo de Ouro

Como eu disse no episódio, aqui segue um link para o glossário de termos de culinária

Por hoje é só!

Espero que você goste e nos vemos em breve!

Marcos Sales

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *